Case Studies

1º Case Study da DLC

Hospital dos SAMS, o Grupo Vector21 e a DLC

O 1º Case Study da DLC ocorreu em 2001, numa parceria entre o Hospital dos SAMS, o Grupo Vector21 e a DLC. Foi o primeiro curso de eLearning da Europa na área da Cardiologia e o 2º à escala mundial.

Foi realmente um momento de enorme inovação e criatividade, que valeu à DLC e aos seus parceiros, a honra de figurarem nos principais média portugueses, a começar por uma apresentação de 30 minutos na RTP, no Programa 2001; o mais reputado da área tecnológica, bem como a presença em mais de 30 revistas e jornais nacionais e estrangeiros, a começar pelo 1º portal português “Cidade Médica Virtual”, que fez a sua primeira reportagem apresentando em 2001 o Case Study do Curso de Atualização em Cardiologia da autoria do Dr. Paulo Pedro, Dra. Berta Carolo e Dr. Rui Conduto, cujo modelo pedagógico e plataforma tiveram como autor o Prof. Doutor António Augusto Fernandes (imagem publicada em 2001 no citado Portal).

Este Case Study apresentado ao público português na presença de mais de 100 médicos pelos Profs. Roberto Carneiro e António Augusto Fernandes, em abril de 2001, representou para o eLearning em Portugal um marco histórico único, ao qual se associou a RTP transmitindo o evento, pois além de ser o primeiro curso desta área, foi também o lançamento da Plataforma NetForma (imagem do portátil) e do modelo SAFEM-D, que estavam a ser construídos desde 1998, ano da fundação da DLC.

Este projeto SAMS, Vector21 e DLC, para além de totalmente inovador, teve o mérito de demonstrar que era possível fazer a formação de um vasto leque de profissionais de saúde, em áreas de ponta da Medicina, com um elevado grau de satisfação dos participantes e resultados muito acima das expectativas.

2º Case Study da DLC

Universidade Católica Portuguesa, Instituto do Emprego e Formação Profissional e a DLC

O 2º Case Study da DLC começou a ser elaborado em 2000 e teve apresentação pública em 2002. Foi também o 1º curso na metodologia de eLearning do IEFP, realizado numa parceria entre a Universidade Católica Portuguesa, Instituto do Emprego e Formação Profissional e a DLC. Contou com a colaboração do Prof. Doutor Filipe Rafael da UCP e das Dras. Clarice Tomé, Cristina Rodrigues e Antonieta Romão do IEFP. O autor do projeto foi o Prof. Doutor António Augusto Fernandes da DLC.

Este Case Study teve enorme impacto no IEFP, sobre a decisão se devia adotar como prática corrente a metodologia de eLearning, daí que esta ação tenha sido realizada em duas modalidades: eLearning (grupo experimental) com pessoas de todo o País e bLearning (grupo de controlo), só com formandos de Lisboa, que participaram nas sessões presenciais da UCP. Esta investigação demonstrou que os resultados eram melhores na metodologia de eLearning (ver revista Formar 44-45 de 2003, página 29), embora as diferenças não fossem estatisticamente significativas. Admite-se que a insignificância encontrada entre as duas modalidades se deveu à dimensão reduzida da amostra.

Esta investigação e este curso de Técnicas de Avaliação tiveram resultados excecionais, de tal forma que o mesmo se manteve no ativo, com várias edições por ano até 2010, tendo sofrido nesta data apenas uma atualização multimédia, o que fez desta ação em eLearning um clássico da formação online, ainda hoje em plena atividade.

Esta fotografia de 2002 apresenta a denominada classe eletrónica, ou seja, a parte presencial realizada na UCP.

DLC-case-study
DLC-case-study
3º Case Study da DLC

Universidade Católica Portuguesa (CEPCEP), INOFOR e DLC

O 3º Case Study da DLC ocorreu em 2002/03, numa parceria da Universidade Católica Portuguesa, INOFOR e DLC, da qual nasceu o livro “A Evolução do e-Learning em Portugal”, coordenado pelo Prof. Doutor Roberto Carneiro.

Esta investigação usou a Plataforma NetForma e o Modelo SAFEM-D, da autoria do Prof. Doutor António Augusto Fernandes, como demostradores das potencialidades do eLearning e as boas práticas do INA e da AEP para, através do Instituto para a Inovação e Formação, serem realizados dois workshops internacionais, cujas conclusões, em paralelo com as do estudo, foram publicadas, essencialmente, com a finalidade de promoverem o eLearning e o bLearning em Portugal e além-fronteiras.

DLC-case-study
4º Case Study da DLC

Banco Nacional de Crédito (Banco Popular)

O 4º Case Study da DLC teve lugar em 2003/04, quando o Banco Nacional de Crédito foi comprado pelo Banco Popular. Havia necessidade de formar 667 gerentes e gestores comerciais num CRM denominado SACOM, porém, tinham pouco tempo para lançar a campanha de relançamento deste estabelecimento financeiro, mas queriam que nas 146 agências, pelo menos três pessoas por balcão, soubessem usar esta ferramenta informática. Começaram por recorrer à metodologia presencial, mas em quatro meses tinham formado pouco mais de 100 pessoas, portanto, era necessário mudar a estratégia formativa.

Como trabalhavam com a Softfinança, solicitaram a esta empresa que lançasse um projeto de formação por eLearning. Embora fosse uma empresa da área tecnológica, não tinha especialização nesta metodologia de formação e, por essa razão, convidou a DLC para ser sua parceira. Foi um projeto altamente desafiante, pois havia pouco mais de um mês para fazer um curso em eLearning, multimédia e interativo, com simuladores que indicassem quais as agências que tinham condições para arrancar com a citada campanha.

Foi um projeto de enorme sucesso, pois as únicas agência que não tinham condições para lançar a campanha no dia 16 de março de 2004, eram aquelas cujos gerentes e comerciais tinham realizado o cursos de forma presencial, pois não sabiam utilizar o CRM, na simulação que envolveu os 146 balcões. Foi necessário ministrar a estes profissionais, em pouco mais de uma semana, o curso de eLearning. Os resultados deste Case Study, publicado em vários idiomas, foi de não só se cumprir a data da campanha, com todas as pessoas com os conhecimentos e as competências suficientes para um bom desempenho, como o facto de se ter alcançado um ROI de 585% (288% de redução de custos e 297% de impacto nas receitas), para além de resultados surpreendentes para uma primeira experiência de eLearning, o que de imediato levou este banco a criar novas ações nesta modalidade, substituindo quase integralmente a metodologia Presencial (ver estudos da APDSI).

5º Case Study da DLC

APDSI – Associação para a Promoção e Desenvolvimento da Sociedade da Informação

O 5º Case Study da DLC aconteceu entre 2003 e 2006, ao liderar uma investigação sobre eLearning da APDSI – Associação para a Promoção e Desenvolvimento da Sociedade da Informação, denominada: O “e” que aprende, que envolveu a IBM, SAP, Microsoft, Nova Base, Universidade Católica, Universidade do Minho, Universidade de Évora, PT, CGD, DLC, RTF, CNED, CML e CTT. Foi mais uma vez o modelo pedagógico e andragógico da DLC o escolhido para ser a base do estudo; como a própria Plataforma NetForma, embora tivesse havido outras que, de uma forma complementar e para haver um contraponto, também tenham sido usadas, como a Blackboard e a Formare.

Neste estudo, onde foram apresentados os principais projetos de eLearning em Portugal, a DLC mostrou nos diferentes Workshops e Seminários, que as suas ferramentas e fundamentos teórico-práticos eram os mais sólidos e os que alcançavam os melhores resultados (ver estudos da APDSI).

DLC-case-study
6º Case Study da DLC

Mestrado de Educação Médica organizado pelo Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Católica Portuguesa

O 6º Case Study da DLC ocorreu entre 2004 e 2007 no Instituto de Ciências da Saúde; num Mestrado de Educação Médica organizado pela Universidade Católica Portuguesa, em colaboração com a Universidade de Harvard, onde a DLC foi convidada, através do Instituto de Ensino e Formação a Distância da UCP, para ajudar esta entidade a criar este mestrado em bLearning, do mesmo modo que já tinha contribuído para lançar no Instituto de Educação da mesma universidade um Mestrado de Informática Educacional, só que, desta vez, era exclusivamente para médicos, distribuídos por todo o País, os quais apenas tinham aulas presenciais à sexta-feira e ao sábado de manhã.

Foi um sucesso enorme, pois além de terem a Plataforma para poderem estudar e comunicar com os colegas e professores ao longo da semana, passaram a dispor de uma disciplina de eLearning e Telemedicina, ministrada pelo Prof. Doutor António Augusto Fernandes, que os ajudava a compreender melhor esta temática. Foi um Case Study com enorme repercussão na própria escolha do tema da tese de cada um dos mestrandos, pois um número muito significativo deles, embora sendo médicos, decidiram escolher para a sua dissertação a temática do eLearning, realizando estudos no âmbito da aprendizagem por meios online, o que ilustra quão importante foi o acesso a este tipo de conhecimentos, para pessoas que, de um modo geral, esta seria a sua primeira experiência na utilização dos computadores, como suporte à sua formação contínua.

DLC-case-study
DLC-case-study
7º Case Study da DLC

Formação na Mediação de Seguros

O 7º Case Study da DLC ocorreu na área da Mediação de Seguros, a partir de 2007. Dez anos depois continua a ser a área de formação profissional com maior procura, tendo sido criado para a mesma 18 cursos que, ao longo deste período de tempo, foram sofrendo atualizações e melhorias; a última das quais aconteceu em 2016, tornando estes cursos Responsive, ou seja, passaram a ter a possibilidade de serem utilizado em computadores, tablets e smartphones.

Este é talvez o Case Study mais significativo da DLC; não porque sejam os cursos mais inovadores do nosso portefólio, nem aqueles que possuem as soluções mais arrojadas do ponto de vista tecnológico ou multimédia, mas porque são, sem dúvida, o maior sucesso comercial da DLC, uma vez que este conjunto de ações de formação se tem mostrado, face à concorrência, como sendo o melhor produto do mercado, com uma taxa de crescimento de novos clientes superior a 40% ao ano, tendo sido capazes de eliminar comercialmente as metodologias tradicionais; que é o mesmo que dizer: hoje quase não existem clientes que procurem cursos de Mediação de Seguros no formato Presencial.

Certificada por:

8º Case Study da DLC

IEFP - Plataforma Online de Gestão da Avaliação

O 8º Case Study da DLC teve lugar no IEFP, num projeto denominado: Avaliação Online, que pode ser visitado em ( http://www.dlc.pt/avaliacaoonline ), que ocorreu ao longo de três anos; de 2009 a 2011. É um projeto de enorme complexidade, que nasceu de uma adjudicação direta do Instituto de Emprego e Formação Profissional à DLC, por ser esta empresa a única em Portugal que dispunha da tecnologia necessária para o levar o mesmo à prática. Passou pela criação de uma Plataforma Online de Gestão da Avaliação, da conceção de 2 cursos de eLearning na área da Avaliação da Formação, da realização em diversas universidades de 4 workshops, com a finalidade dos especialistas analisarem passo a passo a plataforma que a DLC estava a construir, um encontro em Madrid, com especialistas de âmbito mundial na área da formação a distância na UNED, um Seminário no anfiteatro do IEFP para apresentação pública do projeto e uma sessão de disseminação da Plataforma no Auditório Cardeal Medeiros da Universidade Católica em Lisboa, no dia 19 de abril de 2011, onde participaram mais de 500 formadores.

DLC-case-study

Foi o maior projeto desenvolvido pela DLC até hoje, com enorme sucesso na fase de construção, validação e disseminação, mas que ainda falta avaliar na sua implementação prática, pois as mudanças de Governo e das pessoas que no IEFP estavam à frente do projeto, têm dificultado uma implementação séria que este projeto exigia. Trata-se da criação de uma Plataforma única à escala mundial, capaz de fazer avaliação tradicional (escolha múltipla, verdadeiro e falso, aberta etc.), bem como gerir avaliação especial, através do Método de Estudo de Casos, PBL (Problem Based Learning), Jogos Pedagógicos e, ainda, Portefólios. Representa uma ruptura nos processos tradicionais de avaliação e desmaterializa a mesma para suportes online, embora também possa ser usada offline e em papel.

9º Case Study da DLC

Finibanco – Formação Comercial para Todos

O 9º Case Study da DLC teve lugar no Finibanco entre 2009 e 2011. Pode dizer-se que, embora tenha sido um projeto interrompido com a aquisição do Finibanco pelo Montepio; pois só se cumpriu a 1ª Fase, não deixou de ser o maior projeto realizado de uma só vez num banco do nosso País, pois envolveu 579 bancários (toda a rede de balcões do Finibanco), num curso em bLearning de 42 horas, sendo 35 em eLearning e 7 horas Presenciais.

É um verdadeiro Case Study, pois envolveu todas as estruturas do banco, com um enorme grau de satisfação dos aprendentes, das chefias diretas,  da Direção de Recursos Humanos e da Administração; pode mesmo dizer-se que a avaliação feita pelas diferentes estruturas foi de total unanimidade, bem como os impactos na produtividade, observados através do grau de reclamações dos clientes sobre falhas no atendimento, que desceram para níveis na vizinhança de zero.

Embora na Fase de Diagnóstico todos empregados do Finibanco tenham dito que já tinha formação em atendimento, o que nos levou a denominar esta ação de formação de “Comunicação e Relação Comercial, contudo, na verdade, este curso era especificamente de Atendimento, tanto na fase online como no presencial; embora nesta última só se tivesse feito treino em Role-Playing, com 10 formadores distribuídos por todo o País.

Os resultados foram absolutamente espetaculares, tanto na avaliação dita quantitativa como na qualitativa. A média da classificação final de todos os formandos foi de 87%, valor ainda mais realçado, porque os resultados da Avaliação de Diagnóstico apresentaram uma média de 29%, o que vai dar à aprendizagem um resultado real de 58%. Se a este valor juntamos que 86% das pessoas foram avaliadas com Muito Bom na observação do Role-Playing, então, dir-se-á que o pleno foi alcançado.

10º Case Study da DLC

Formação de Médicos de Medicina Geral e Familiar

O 10º Case Study da DLC ocorreu na primeira formação de médicos em larga escala, realizada em Portugal ao longo de 2010 e 2011, na sua grande maioria, especialistas de medicina geral e familiar. Esta operação envolveu 651 clínicos, que participaram em múltiplas reuniões de kick-off em todo o País, numa acção formativa promovida pela Angelini Farmacêutica, Lda., como claros objetivos comerciais mas, ao mesmo tempo, propiciando a umas largas centenas de profissionais da saúde, uma aprendizagem de ponta sobre o que de mais moderno tem vindo a ser investigado na área da Imagiologia.

Nunca em Portugal se fez uma formação de tantos médicos em simultâneo, num curso considerado muito exigente; não só porque tem uma duração longa, mas também devido a um processo de avaliação considerado como rigoroso, uma vez que esta ação foi aprovada pelo Conselho Científico e Pedagógico de uma Faculdade de Medicina. Como conclusão, depois de uma analise fina aos resultados, concluímos que este curso foi um enorme sucesso, uma vez que as taxas de desistência foram baixas, a Avaliação Qualitativa (Nível 1 de Kirkpatrick) foi, para 92% dos médicos: Muito Bom e as classificações da Avaliação de Conhecimentos alcançaram uma média de 96%.

11º Case Study da DLC

Um Instituto de sucesso, para Mediadores e Agentes de Seguros

O 11º Case Study da DLC obriga-nos ao total sigilo, pois ajudámos a construir um Instituto na área dos seguros, destinado a fazer formação de mediadores, agentes e dos colaboradores destes, porém, por contrato, estamos impedidos de divulgar o nome deste cliente.

É sem dúvida nenhuma um dos nossos principais Case Study, pois ao longo de 10 anos já formamos uns largos milhares de profissionais de seguros, criámos cerca de 20 cursos referentes a produtos desta entidade seguradora, realizamos várias centenas de ações em eLearning na nossa Plataforma customizada a este cliente, que ajudaram os mediadores e os agentes de seguros, bem como os seus colaboradores, a conhecerem de um modo profundo a tipologia, as coberturas e as especificidades daquilo que estão a vender, conseguindo deste modo ampliar o processo de mediação do nosso cliente, uma vez que os comerciais, numa lógica multimarca, passam a conhecer melhor os produtos do nosso cliente, relativamente aos da restante concorrência, o que se traduz num aumento muito significativo das vendas no âmbito da mediação de seguros.

O sucesso deste projeto é enorme, porque conseguimos fazer a formação dos mediadores, agentes e colaboradores destes a preços muitíssimo reduzidos, alavancar a venda dos produtos de seguros do nosso cliente; com resultados médios acima dos 90% e, ainda, alcançar um ROI superior a 5.000%, quando se faz a comparação com os meios tradicionais de formação.

12º Case Study da DLC

Widex – Autoscopias Online, um caso de sucesso

O 12º Case Study da DLC começou em 2013 na Widex, uma multinacional de Centros Auditivos, com uma cobertura completa do território nacional. Fizemos formação de eLearning para esta empresa em âmbitos muito diversos e para distintos colaboradores, no entanto, o Case Study só surgiu quando a Direção desta entidade nos solicitou um Curso de Técnicas de Vendas destinado aos audiologistas, porque sendo estes profissionais aqueles que mais tempo estão com os clientes, porque têm formação técnica e científica na área da saúde, não aprenderam a vender, logo, não dispõem de competências comerciais.

Surgiu, entretanto, uma dúvida neste cliente, que foi colocada à DLC: “Os nossos audiologistas podem saber tudo sobre a venda, mas na prática podem não saber vender.” De imediato a DLC respondeu que era, sem dúvida nenhuma, um dos problemas do eLearning na área Comportamental/Comercial, pois uma pessoa inteligente e estudiosa podia realmente saber tudo sobre como vender, mas não saber vender; porque uma coisa é o conhecimento outra é a competência.

Como sempre a DLC investiga e encontra uma solução para o seu cliente, assim, programámos a Plataforma NetForma para poder fazer uma Autoscopia Online, usando a câmara de vídeo do computador dos formandos e a videoconferência da DLC. Deste modo, criámos um sistema para fazer autoscopias ou avaliação de desempenho por meios online, orientando os audiologistas para que peçam  autorização ao cliente para que a sessão seja filmada, com a finalidade de fazer chegar à Plataforma NetForma as imagens desta Autoscopia, em diferido ou em direto, de maneira a que as chefias comerciais as possam analisar e avaliar com base num critério igual para todos, ou seja, um inquérito, que tipificará todas as observações. Depois, a plataforma gerará um relatório que permitirá às chefias fazerem o aconselhamento, a formação ou, mesmo, o coaching a cada um dos profissionais da Widex.

É sem dúvida um Case Study, embora pensemos que o mesmo seja inédito, pois não vimos relatos de empresas ou publicações em revistas, nas redes sociais e no Google, que aponte para algo semelhante, no entanto, esta prática formativa propiciou que a empresa em questão tivesse ampliado muito os seus lucros, ao conseguir que os Audiologistas soubessem vender.

13º Case Study da DLC

Grupo “Os Mosqueteiros”

O 13º Case Study da DLC começou em 2012 no Grupo “Os Mosqueteiros”. É sem dúvida um dos maiores êxitos da DLC, pois deixou de formar centenas de colaboradores de alguns clientes de dimensão média, para formar milhares. Só de uma vez arrancámos com um curso com cerca de 6.000 pessoas. Por outro lado, estávamos muito habituados a que a maioria dos nossos formandos fossem licenciados, no entanto, a partir deste projeto foi possível formar pessoas com a escolaridade básica, muitas delas apenas com a 4ª classe antiga, para além de entrarmos em áreas como talho, peixaria e frutas e legumes; enfim, um desafio constante à nossa criatividade, bem como ao conhecimento pedagógico.

Este projeto tem ajudado a DLC a entrar noutras empresas, pois a sua eficácia é tremenda, uma vez que já formamos uns largos milhares de colaboradores do InterMarché, com baixa escolaridade, com idades médias situadas nos 45 anos, sem hábitos de estudo e totalmente infoexcluídos, no entanto, com resultados muito próximos dos alcançados pelos médicos ou engenheiros. Este Case Study pode ser observado com mais detalhe, vendo um vídeo da Diretora da Fordis, a Dra. Magda Lourenço, no Congresso Nacional de Formadores no ISCTE – IUL em 2015 ( https://youtu.be/ZErKgchG47g ).

14º Case Study da DLC

Ensinar a Língua Portuguesa a falantes de outros idiomas

O 14º Case Study da DLC nasceu nesta empresa em 2014 e demorou três anos a elaborar. Dito de outro modo, ainda não é um caso de estudo, mas sê-lo-á muito em breve. Trata-se da conceção do 1º curso de mundo em eLearning, interativo, multimédia e responsive, destinado a Ensinar a Língua Portuguesa a falantes de outros idiomas. De momento está disponível nas seguintes línguas: mandarim, russo, árabe, inglês, espanhol, francês e romeno.

Este curso é vendido através do e-Commerce e pode ser comprado inscrevendo-se na Plataforma NetForma Da Vinci Web 2.0 – 3.0: http://portuguese.dlc.pt

DLC-case-study